Orquídeas, como cuidar

As orquídeas encantam pela sua beleza, aqui em casa é uma alegria quando uma floresce, parece que quando uma flor se abre traz alegria na casa. Eu amo as minhas orquídeas e cuido com muito carinho, mas confesso que demorei pra achar a fórmula mágica para as flores nascerem grandes e com cores vibrantes.

orquideas 5.jpg

Se você sair pesquisando e perguntando vai ver que cada um tem uma receita de como cuidar, o fato é que cada um tem a sua forma de fazer. Vou deixar aqui as dicas que entre todos os que cuidam de orquídeas dizem em comum e deram certo comigo.

  1. Luz. Orquídeas adoram luz e um pouco de sol, mas aquele do início da manhã ou final da tarde, 30, 40 minutos por dia está ótimo! Esse solzinho é importante para elas florescerem. O local deve ser além de bem iluminado, bem arejado para evitarmos proliferações de fungos.
  2. Vaso. Prefira os vasos de barro aos de plástico pois eles são porosos e absorvem melhor a água, não deixando que o excesso de umidade apodreça as raízes. Uma boa dica é trocar de vaso quando as raízes estiverem saindo pra fora, o ideal é que a planta fique 2 dedos abaixo da borda do vaso.
  3. Água. As orquídeas gostam de umidade mas não de muita água. No verão o indicado é regar de 2 a 3 vezes por semana, no inverno 2 vezes é suficiente, mas nada melhor do que você ver nas folhas o que ela precisa. As folhas devem estar duras e viçosas, se estiverem enrugadas é que estão precisando de um pouco mais de umidade. O importante é que elas nunca fiquem com água no findo do vaso, por isso é indicado que o vaso tenha furos embaixo, portanto, quando regar deixe escorrer toda a água, ela precisa mesmo só da umidade.orquideas 2.jpg
  4. Adubo. Para adubação da sua orquídea prefira adubos foliares líquidos, existem muitos no mercado. Aplique usando pulverizadores, de preferência alguns minutos depois de regar, assim vão absorver melhor os nutrientes. Pulverize entre as folhas e as raízes.
  5. Pragas. A praga mais comum entre as orquídeas são as conchonilhas, são uns bichinhos brancos, eles sugam a seiva da planta e podem matá-las. Para eliminar esta praga precisamos apenas de água, detergente e paciência. Com um pano úmido e uma gotinha de detergente ou sabão de côco, vá passando nas folhas até retirar tudo, não pode sobrar nenhum, senão volta tudo. As vezes eles ficam no caule, eu já cheguei a usar cotonete pra tirar, mas se não tiver paciência, prefira defensivos agrícolas naturais como os à base de fumo, dá certo e não vai prejudicar a saúde da sua planta e nem a da sua família.
  6. Corte. Quando as flores murcham precisamos corta-las para dar mais força à planta, este é o momento certo para podar as folhas de baixo que estão mais velhas. Existe uma maneira correta de se fazer isso, o instrumento que for usar para cortar deve ser esterilizado. Depois de cortar, se possível jogue um pouco de canela em pó para que a parte cortada se cicatrize mais rapidamente.